COMO CRIAR UMA MARCA PARA SUA EMPRESA (SEM FALIR)

A Marca de uma empresa é o seu maior patrimônio. Entretanto, é comum os empreendedores, em meio às tantas tarefas e desafios de abrirem um negócio, não darem a devida importância não só à criação da marca propriamente dita mas, principalmente, ao seu posicionamento no mercado onde atua. Veja abaixo um artigo muito interessante sobre construção de marca de autoria do site freelogoservices.com

como-criar-uma-marca

GETTY IMAGES

Saber como criar uma marca para sua empresa, também conhecido como branding, é a base de uma boa estratégia de vendas, pois te diz quem segmentar e como apresentar seus produtos.

Quando apresentados a escolhas, os clientes rapidamente descartam os produtos que não se encaixam em suas expectativas.

Criar uma marca para sua empresa coloca combustível no seu discurso de vendas. O branding é a soma de tudo o que você faz e a experiência que você cria para os clientes.

As pessoas compram mais frequentemente contigo se elas acreditam nos valores da sua marca e confiam que você faz bons produtos.

Diferentemente de grandes empresas, você não tem que gastar muito dinheiro para construir fidelidade. Criar uma marca é cumprir as suas promessas.

Como um proprietário de pequena empresa, você possui a vantagem de conhecer os seus clientes e conversar com eles um a um.

Se você quer que os seus clientes continuem voltando, aqui está como criar uma marca para a sua empresa com um orçamento apertado.

Refine a sua identidade de marca

As empresas de todos os tamanhos podem ter sucesso no mesmo mercado, pois elas servem a pessoas diferentes. Se você dá personalidade a sua marca, você atrai clientes que gostam do que você faz.

Faça uma análise SWOT para descobrir o que faz a sua empresa única, e considere os seguintes pontos:

  • Forças: Liste traços e habilidades que te dão uma vantagem sobre os seus competidores. Você possui conhecimento especializado? Materiais de alta qualidade? Métodos de produção ecológicos?
  • Fraquezas: Liste áreas onde você pode melhorar e traços que te colocam em desvantagem. Os seus preços são maiores que os da concorrência? Você possui uma menor seleção de produtos? Tempos de entrega mais longos? Grandes lacunas de experiência? Limitações financeiras?
  • Oportunidades: Pense em formas que você pode usar as suas forças para criar uma melhor experiência do cliente que os seus concorrentes. Você oferece serviços que não estão prontamente disponíveis em sua área? Você oferece mais flexibilidade e conveniência?
  • Ameaças: Liste obstáculos externos que poderiam te atrapalhar em alcançar metas de negócios. Pense a respeito de tendências na indústria ou economia que poderiam ferir o seu negócio.

Clientes diferentes possuem necessidades distintas, dessa forma não tente ser tudo para todos!

Os clientes não irão se conectar com os seus produtos se a sua identidade de marca é muito ampla. Ao invés disso, enfatize as suas forças e minimize as suas fraquezas.

Os carros são o exemplo perfeito. A Ford é conhecida por inovação que cabe no seu bolso, A marca apela a motoristas práticos, especialmente pais, que se importam mais com a segurança e valores duradouros.

Já a Porsche atende aos clientes que buscam por prazer, e que valorizam o status e a velocidade, ao invés de espaço e versatilidade.

Obtenha ideias dos clientes

Não assuma que você sabe o que os clientes querem. Fale com eles para ter ideias sobre o que você está fazendo certo, comparado com os concorrentes.

Use buyer personas para traçar o comportamento do cliente e adaptar o seu branding. Uma buyer persona é um perfil fictício com traços que representam um grupo de clientes ideais.

Pegue todas as informações possíveis de várias fontes, tais como:

  • Entrevistas
  • Pesquisas
  • Dados de vendas
  • Estudos de pesquisa
  • Sites de concorrentes

Se você não trabalha sozinho, mais pessoas estão envolvidas em entregar uma boa experiência. Além de entrevistar clientes fiéis, fale com a equipe de vendas, gerentes e também com quem ainda não faz parte da sua clientela.

Os funcionários possuem ideias sobre obstáculos comuns que previnem uma venda. E enquanto é duro ouvir feedback ruim, as pessoas que não escolhem sua empresa podem lançar luz em fatores que afastam os clientes.

Adapte a mensagem da sua marca para os compradores

Boas buyer personas, ou “personas de comprador”, tornam fácil relacionar os seus clientes. Elas devem responder perguntas fundamentais sobre os seus compradores, como:

  • Qual é a faixa etária do cliente? Sexo? Ocupação?
  • Que problemas o cliente encara?
  • O que motiva o cliente a procurar uma solução?
  • Que emoções um cliente sente ao usar um produto específico?
  • Que recursos são os mais importantes para a experiência do cliente?
  • Como o perfil do comprador se relaciona com as decisões de compra?

Você pode ter várias personas para representar diferentes grupos de clientes, mas cada perfil deve mostrar claramente quem é o seu cliente ideal.

Crie uma história visual consistente

Um tema visual consistente em tornar a sua marca personalizável e fácil de lembrar. Use sua pesquisa para criar um logotipo confiável e um lema que toque os seus clientes.

Um bom logotipo pode transmitir emoções mesmo sem palavras, e os clientes sentem uma conexão cada vez que eles o veem.

Faça uma lista de cores, palavras e símbolos que se relacionam com os valores da sua marca. Se você olhar, por exemplo, o logotipo do Pinterest, as seguintes informações são passadas:

  • A cor vermelho claro evoca ousadia e moda.
  • A letra “P” dentro de um círculo é limpa e simples.
  • O “P” também termina em um ponto para representar ideias de “pinning” (afixação) para um quadro de visão digital.

Se o seu logotipo apenas inclui um nome da empresa, experimente escolher letras únicas. Imagine a assinatura da Nintendo e da Virgin Group.

Não importa se você mesmo cria um logotipo ou trabalha com um profissional, o design deve ser fácil de imprimir em vários formatos de mídia. Coloque sempre os mesmos elementos visuais em seu site, instalações, uniformes e materiais de marketing.

Os clientes reagem fortemente a marcas, então colocar elementos visuais em tudo aumenta a confiança e o reconhecimento. E os clientes que gostam da sua marca são mais receptivos aos anúncios.

Desenvolva uma linguagem de marca

Frases memoráveis, lemas e nomes de marca registrada te diferenciam dos concorrentes.

É provável que você se lembre de centenas de slogans e jingles cativantes da sua infância. Melhor ainda, quando você coincide o nome de um processo ou tipo de produto, todos o associam com a sua marca. Para sempre!

Quer um exemplo?

Existem muitos mecanismos de busca, mas os usuários de Internet pensam coletivamente em toda a atividade de pesquisa online como “Googlear”.

Se você possui produtos variados, crie nomes em série para criar uniformidade. Nomes de marca registrada são especialmente úteis para produtos únicos, equipamentos ou métodos.

Imagine uma empresa limpadora de tapetes que desenvolve uma solução de assinatura de limpeza. Os clientes sabem que podem obter essa solução comprovada de apenas um negócio. A fidelidade aumenta e a empresa ganha recomendações positivas que trazem novos clientes.

Use as redes sociais para aumentar seu alcance

Mesmo sem marcas registradas, você pode construir sua marca ao divulgar frases de assinatura online!

A especialista em recrutamento Liz Ryan popularizou o termo “currículo resumido por voz”, ao transformá-lo em uma hashtag do Twitter. Ryan usa sua linguagem de marca consistentemente em blogs, comentários, legendas de foto e publicações nas redes sociais.

Com o passar do tempo, essa simples repetição encoraja seus clientes a adotar sua terminologia no seu dia a dia.

A linguagem de marca também adiciona credibilidade, pois ela te identifica como um especialista no assunto.

Seja consistente em todas as comunicações, usando frases de marca sempre que for possível. Envolva-se com os clientes de formas significativas. Responda todas as suas perguntas. Ouça as reclamações e ofereça soluções. Dê conselhos sobre problemas relevantes, ou compartilhe conteúdo divertido.

As pessoas adoram trocas autênticas, dessa forma ser atencioso e amigável pode fazer a sua audiência crescer. Sem mencionar que obter mais pessoas para pesquisar por frases de marca leva tráfego diretamente para o seu site.

Atualize-se, atualize-se, atualize-se…

Criar uma marca para sua empresa não tem que ser caro, mas consome tempo. Um dos maiores erros que você pode fazer é ignorar seu branding após o trabalho inicial. As necessidades do cliente e os padrões da indústria mudam.

Para ficar relevante, sempre avalie seu negócio para identificar novas ameaças e oportunidades.

Melhore a sua visibilidade em tantos lugares quanto possível for. Não é suficiente ter apenas um site estático ou um perfil nas redes sociais. Crie uma ampla variedade de lugares onde os clientes podem te encontrar.

Acima de tudo, certifique-se que cada interação é positiva e inesquecível para o seu cliente.

Você está criando uma marca para sua empresa? Comece com o pé direito ao criar um design de logotipo incrível. Seu negócio agradece!

trend954_wp1

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

%d bloggers like this: